Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Economia com horário de verão foi de R$ 4 bilhões

BRASÍLIA - Com os quase quatro meses de horário de verão, o Brasil vai economizar 2 mil megawatts de energia, o correspondente a 4% do consumido no horário de pico no período. Em termos financeiros a economia foi equivalente a R$ 4 bilhões.

Valor Online |

Segundo o ministro do Ministério de Minas e Energia, Edison Lobão, esse valor daria para construir uma usina térmica de pequeno porte e ajudar na geração de mais energia. A região que mais economizou, entre 18h e 20h, foi o Sul que registrou 85% de economia.

Lobão disse que a prática do horário de verão é uma medida que funciona para a economia no bolso do povo e do governo e também reduz a demanda sobre as usinas térmicas geradoras de energia.

" O horário de verão é um procedimento benéfico para os cofres públicos. A medida em que consumimos menos energia nós estamos deixando de ter térmicas, ainda que em escala pequena, funcionando " , ressaltou Lobão. " Eu sei que o horário de verão incomoda uma pouco as pessoas. Quando ele inicia, mudam um pouco os costumes e principalmente a rotina, mas é uma medida necessária para economizar energia " , argumentou o ministro.

De acordo com ele, para atender toda a população brasileira sem o horário de verão, que encerra no próximo domingo, dia 15, seria necessário produzir anualmente 14 mil megawatts, Atualmente, a geração de energia elétrica do país está em torno de 10 mil megawatts. O ministro Lobão lembrou que a prática do horário de verão, adotada desde 1931 no Brasil, já existe há 100 anos na Europa.

(Agência Brasil)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG