Santiago do Chile, 25 ago (EFE).- A economia chilena cresceu durante o segundo trimestre de 2008 4,3%, acima das projeções, que giravam em torno de 3,6%, informou hoje o banco central do Chile em comunicado.

Segundo o texto, com isso, após alcançar no primeiro trimestre do ano crescimento de 3,3%, o Produto Interno Bruto (PIB) do Chile acumulou nos primeiros seis meses um crescimento anualizado de 3,8%.

A demanda interna aumentou 11% no segundo trimestre, em um crescimento acumulado de 9,7% nos primeiros seis meses.

O consumo total do país aumentou 5,8% no trimestre - 5,9% no consumo privado e 5,5 no consumo do Governo.

As exportações de bens e serviços caíram 0,7%, enquanto as importações aumentaram 15,5%.

Por setor, construção (12%), comunicações (11,9%), pesca (8,9%), agricultura (6,9%), comércio (6,2%) e transporte (5%) foram os que mostraram um maior dinamismo, de acordo com o relatório do banco central. EFE ns/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.