Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Economia britânica crescerá 2,6% em 2011, abaixo da previsão

O endividamento público para o ano fiscal 2010-2011 será de 155 bilhões de libras

EFE |

A economia britânica crescerá 2,6% em 2011, abaixo da previsão de 3,25% estimada em março pelo anterior governo trabalhista, informou nesta segunda-feira o Escritório de Responsabilidade Orçamentária (OBR, na sigla em inglês).

O OBR acrescentou que o endividamento público para o ano fiscal 2010-2011 será de 155 bilhões de libras (176 bilhões de euros), abaixo dos 163 bilhões de libras (185,820 bilhões de euros) estimados pela Administração trabalhista.

O organismo acrescentou que a crise financeira terá um constante impacto na economia a médio prazo e espera um crescimento econômico de 2,8 % entre 2012 e 2013. Segundo explicou o OBR, há "grandes incertezas" sobre as previsões devido à fragilidade do sistema bancário para sustentar com créditos a recuperação. Há preocupação sobre o nível de demanda na Europa continental, grande mercado exportador para o Reino Unido, devido à crise econômica em países como a Grécia.

Segundo os analistas, os cálculos do anterior ministro da Economia Alistair Darling foram muito otimistas e os números de crescimento para os três anos seguintes podem ser ainda menores. A informação da OBR pode ser utilizada pelo governo para trabalhar nos orçamentos do Estado, que serão divulgados no dia 22 de junho, na Câmara dos Comuns pelo ministro das Finanças do Reino Unido, George Osborne.

O OBR, organismo independente que faz a previsão econômica, foi criado pelo novo governo de coalizão para impedir que os ministros de Economia interfiram no crescimento econômico, segundo indicou o primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron.

Leia tudo sobre: Reino Unidodívidaeconomia

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG