Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Economia brasileira sobe 6,8% no 3º tri ante mesmo período de 2007

RIO - No terceiro trimestre de 2008, o Produto Interno Bruto (PIB) registrou expansão de 6,8% no confronto com os mesmos três meses do ano passado, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O Valor Adicionado a preços básicos teve alta de 6,3%.

Valor Online |

Os Impostos sobre Produtos elevaram-se em 10,1%.

Os três setores da economia apresentaram aumento na atividade, com destaque para a Indústria, com aumento de 7,1%. Na Agropecuária, o avanço foi de 6,4%. Em Serviços, o acréscimo correspondeu a 5,9%.

Na indústria, sobressaiu-se a Construção Civil, que registrou taxa de expansão de 11,7%. A Indústria Extrativa Mineral ampliou-se 7,8%, "em grande parte decorrência aumento de 6,2% da produção de petróleo e gás e de 10,6% da produção de minério de ferro", e a Indústria de Transformação subiu 5,9%.

Na agropecuária, a taxa pode ser explicada pelo desempenho de produtos com safra relevante no trimestre, como trigo, café e cana-de-açúcar. Nos serviços, os destaques foram Serviços de Informação (10%), Comércio (9,8%) e Intermediação Financeira e Seguros (8,8%).

Entre os componentes da demanda do PIB, o consumo das famílias avançou 7,3%, no 20° trimestre consecutivo de aumento na comparação anual. O consumo do governo teve elevação de 6,4%. A formação bruta de capital fixo, indicativo dos investimentos, saltou 19,7%, influenciada pelo aumento da produção interna e da importação de máquinas e equipamentos, como observou o IBGE.

As exportações de bens e serviços tiveram ampliação de 2% e as importações expandiram-se 22,8%, com o 20º aumento sucessivo neste confronto.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG