DAVOS - Os Estados Unidos precisam de outros países, especialmente da China, para conseguir a recuperação de sua economia, disse hoje o ex-presidente Bill Clinton no Fórum Econômico Mundial, realizado na localidade suíça de Davos.

Em uma seção da reunião anual do Fórum de Davos chamada "Conversa com...", Clinton disse que os países dependentes das exportações para o mercado americano, com importantes reservas em dólares e que sofrem de forma dura os efeitos da crise, devem apoiar o plano elaborado pelo Governo do presidente Barack Obama para resgatar a economia.

Declarou que a crise atual tornou mais evidente que nunca a interdependência global e acrescentou que, apesar de a China dizer com razão que as dificuldades financeiras se originaram nos EUA, também lhe interessa que a economia americana se recupere.

Clinton afirmou que por anos a China se beneficiou da deslocalização de empresas e considerou que, assim como então se compartilharam os lucros do crescimento, agora devem dividir as responsabilidades.

"A casa está queimando e temos que apagar o incêndio imediatamente, deter a deflação e a perda de valor dos ativos", declarou o ex-presidente americano.

Leia mais sobre: Davos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.