Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Economia alemã pode diminuir mais de 3% em 2009

Berlim, 16 fev (EFE).- A recessão na Alemanha será ainda maior do que o previsto pelo Governo federal e outras entidades para 2009, ano no qual a contração desta economia poderá superar amplamente 3%.

EFE |

Este anúncio foi feito hoje pelo Instituto de Estudos Econômicos (DIW) de Berlim, que prevê para o primeiro trimestre de 2009 um crescimento econômico negativo na Alemanha de até 4,5% em comparação ao último trimestre de 2008.

O mesmo instituto calculou em meados de janeiro passado que a contração no primeiro trimestre seria de apenas 0,8%.

"Um retrocesso tão forte da atividade econômica seria até agora único na história do oeste (alemão) e na totalidade da Alemanha do pós-guerra", afirmou hoje o especialista em conjuntura do DIW Stefan Kooths.

A recessão está sendo alimentada pelo "incomum e forte esfriamento" do setor primário, que afeta inevitavelmente as firmas de serviços próximas às empresas, disse o especialista.

Ele acrescentou que o restante das empresas de serviços se veem afetadas em menor medida, pois se beneficiam do desenvolvimento estável do consumo privado, enquanto no setor da construção haverá também um retrocesso menor que no das empresas produtoras. EFE jcb/fal

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG