Washington, 22 jan (EFE).- A economia alemã sofretá este ano uma contração de 2,5%, disse hoje o Fundo Monetário Internacional (FMI), que revisou drasticamente suas previsões em virtude do freio brusco no comércio mundial e da diminuição da demanda interna.

Em novembro, o FMI havia calculado que a maior economia da Europa encolheria 0,8% este ano, mas a piora da conjuntura mundial nos últimos dois meses levou o órgão a corrigir suas previsões.

Segundo os novos cálculos, Alemanha crescerá só 0,1% em 2010, contra a expansão de 1,3% registrada no ano passado.

O FMI alertou que a Alemanha enfrenta a perspectiva de uma desaceleração "considerável e possivelmente longa".

"O caráter conservador dos consumidores alemães nas atuais condições de incerteza amplificarão a desaceleração das exportações, e é provável que os investimentos sejam adiados", disse o Conselho Executivo do FMI em sua análise anual da economia do país.

Para se recuperar mais rápido da crise, o órgão recomendou ao Governo de Berlim que reestruture e diminua o tamanho dos bancos regionais (Landesbanken), que "são um lastro nas finanças públicas e uma ameaça à estabilidade financeira". EFE cma/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.