O ministro das Finanças da Alemanha, Peer Steinbrueck, afirmou nesta terça-feira que a maior economia européia pode recuar até 1% em 2009, percentual considerado pelos economistas a maior queda desde 1945.

"A informação que tenho até agora dá uma margem de entre menos 0,2% e menos 1%", disse Steinbrueck no Parlamento, na primeira confirmação oficial de que a Alemanha pode estar entrando em séria recessão.

aue/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.