Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

EADS vai investir 350 milhões na subsidiária Helibras, em MG

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou ontem um acordo com a EADS (European Aeronautics Defence and Space) que prevê o investimento de 350 milhões (cerca de R$ 890 milhões) na criação de um pólo aeronáutico na cidade de Itajubá (MG). O investimento será feito pela EADS, segundo o acordo, após o Brasil adquirir de 50 a 70 helicópteros de grande porte, o Super Cougar, da empresa européia.

Agência Estado |

Segundo jornais franceses, o custo de 60 Super Cougar ficaria em torno de R$ 3 bilhões.

Os recursos anunciados ontem serão usados na ampliação e produção de helicópteros na fábrica da Helibrás, localizada na região. "Nossa intenção é não só transformar Itajubá em um pólo produtor para abastecer as forças armadas brasileiras, mas também em um pólo exportador para a América Latina", afirmou o presidente Lula. Segundo ele, a meta é dobrar a exportação de helicópteros para os países latino-americanos. "As aeronaves também serão usadas em setores estratégicos de nossa economia, como a exploração de petróleo em plataformas marítimas."

O Super Cougar, modelo que será produzido no País, é um helicóptero com capacidade para 25 passageiros e que pode ser usado comercialmente ou militarmente. O novo modelo será vendido para o mercado brasileiro e para o mercado externo. A princípio, serão produzidos na fábrica da Helibrás dez helicópteros ao ano. A estimativa é que o primeiro helicóptero seja montado em até dois anos e meio.

O anúncio foi feito durante a cerimônia de comemoração dos 30 anos da Helibrás, em evento que contou também com a presença de vários ministros. A empresa é a única fabricante de helicópteros da América latina, e produz atualmente os modelos Colibri e Esquilo (ambos menores que o modelo Super Cougar). O governo de Minas Gerais detém 16,04% das ações da empresa por meio da MGI Participações. Outros 45% do capital votante da Helibras estão nas mãos da Eurocopter, que faz parte do grupo EADS. O restante do capital está nas mãos da Bueninvest. No ano passado, a Helibrás teve um faturamento de US$ 90 milhões e entregou 25 unidades

Desde a sua criação, em 1980, a Helibrás já produziu e entregou ao mercado cerca de 500 helicópteros, 70% deles do modelo Esquilo, considerado uma opção de transporte para cidades grandes. O Esquilo é o helicóptero mais vendido no País.

Parceria

A parceria anunciada ontem faz parte das atividades discutidas em janeiro entre o governo brasileiro e o governo francês de firmar um acordo de cooperação em defesa. A idéia foi discutida após uma visita do ministro brasileiro da defesa, Nelson Jobim, a Paris. Segundo o ministro, a parceria com a EADS é benéfica também por causa da transferência de tecnologia, pois parte da produção do Super Cougar deve ser nacionalizada.

Em seu discurso durante o evento, o presidente Lula lembrou que o Brasil ocupa o terceiro lugar na produção mundial de aeronaves civis. O complexo industrial do setor no País reúne cerca de 140 empresas, emprega 35 mil pessoas e fatura anualmente US$ 6,5 bilhões.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG