O presidente da Comissão Européia, José Manuel Durão Barroso, pediu nesta quarta-feira uma cooperação mais estreita dos governos europeus diante da crise financeira, único modo em seu entender de restaurar a confiança dos mercados.

Depois de destacar o papel desempenhado pelo Banco Central Europeu (BCE), Durão Barroso afirmou que não se trata "apenas de injetar liquidez, e sim de injetar credibilidade na resposta européia".

"É por isso que pedimos aos Estados membros que cooperem de forma mais estreita. É crucial para a credibilidade".

cat-mar/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.