Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Dow Jones sobe com ações de energia e financeiras

O mercado norte-americano de ações fechou com os principais índices em direções divergentes, o Dow Jones e o S&P-500 em alta modesta e o Nasdaq em leve queda. Apesar de novos indicadores fracos sobre o setor de imóveis residenciais e de um informe negativo da Corporação Federal de Seguro de Depósitos (FDIC, na sigla em inglês) sobre o desempenho do setor bancário, as ações do setor financeiro continuaram a recuperar terreno, depois das fortes quedas recentes (AIG avançou 4,58% e Lehman Brothers ganhou 4,31%).

Agência Estado |

As ações das agências de crédito hipotecário também subiram (Fannie Mae registrou alta de 8,29% e Freddie Mac disparou 20,67%); depois do fechamento do mercado, a agência de classificação de risco Standard & Poor's rebaixou as notas de crédito (ratings) da dívida subordinada e das ações preferenciais das duas agências de A- para BBB+.

As ações do setor de energia estavam entre as que mais subiram, em dia de alta dos preços do petróleo e de intensificação das tensões entre a Rússia de um lado e os EUA e seus aliados europeus do outro. Entre as do setor de petróleo, as da Anadarko Petroleum subiram 6,40%, depois de a empresa anunciar um programa de recompra de ações de até US$ 5 bilhões; as da ExxonMobil avançaram 1,58% e as da Chevron tiveram uma alta de 0,33%. Entre as empresas de gás, as ações da Range Resources subiram 6,11% e as da XTO Energy avançaram 5,15%. As ações das companhias aéreas, por sua vez, sofreram quedas fortes (Alaska Air perdeu 6,85% e UAL caiu 8,38%). No setor de tecnologia, as ações da fabricante de chips para aparelhos de televisão de tela plana Broadcom caíram 4,78%, depois de os analistas da Oppenheimer rebaixarem sua recomendação.

O índice Dow Jones fechou em alta de 0,23%, em 11.412,87 pontos. O Nasdaq encerrou em baixa de 0,15%, em 2.361,97 pontos. O S&P-500 subiu 0,37%, para 1.271,51 pontos. O NYSE Composite avançou 0,42%, para 8.263,72 pontos. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG