Tamanho do texto

Bolsas americanas encerram pregão em baixa refletindo dados negativos de trabalho e encomendas menores às indústrias

As Bolsas de Valores dos EUA fecharam em território negativo nesta quarta-feira. Os investidores analisaram os dados sobre o mercado de trabalho nos EUA, entre outros indicadores. A ADP revelou que, entre fevereiro e março, o setor privado americano eliminou 23 mil postos de trabalho, a menor redução mensal desde fevereiro de 2008. Ao mesmo tempo, no entanto, o mercado esperava criação de vagas no período.

O índice Dow Jones, principal indicador da Bolsa de Nova York, encerrou as operações com queda de 0,47%, aos 10.857 pontos. O Nasdaq perdeu 0,53%, aos 2.398. O S & P-500 recuou 0,33%, aos 1.169 pontos.

Os agentes conheceram ainda pedidos às fábricas nos Estados Unidos, que tiveram elevação de 0,6% em fevereiro, para US$ 383,5 bilhões, depois de um acréscimo de 2,5% na abertura do ano.

Além disso, o índice de atividade manufatureira na região de Chicago reduziu o ritmo de crescimento em março, apontou pesquisa do Institute for Supply Management (ISM) de Chicago.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.