P e Nasdaq sobem - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Dow Jones fecha em baixa de 0,31%, mas S P e Nasdaq sobem

SÃO PAULO - As bolsas de Nova York passaram boa parte do dia em território negativo, mas reduziram o movimento e fecharam em direções opostas ao final da jornada. Notícias de que o Citigroup teria concordado em não executar hipotecas de clientes que estão por perder o imóvel colaboraram para a recuperação na reta final.

Valor Online |

O tom dos negócios na maior parte do dia foi dado por números ruins de desemprego, comentários de urgência vindos do presidente eleito, Barack Obama, e previsões piores da gigante varejista Wal-Mart.

Ao final dos negócios, o Dow Jones apontou baixa de 0,31%, para 8.742 pontos. O Standard & Poor's 500, por sua vez, inverteu o rumo e subiu 0,34%, para 909 pontos. O Nasdaq Composite, que começou a puxar a inversão de rumo, terminou aos 1.617 pontos, com valorização de 1,12%.

Embora não haja detalhes, notícias dão conta de que, segundo o senador americano Richard Durbin, o Citigroup teria concordado em não se opor a uma legislação que tente evitar que os mutuários com hipotecas vencidas percam seus imóveis por meio de execução da dívida.

A notícia de maior peso nas perdas do dia veio da varejista Wal-Mart, que revisou para baixo a previsão de lucro, devido ao impacto da crise sobre as vendas de Natal.

Paralelamente a isso, o governo americano divulgou que o total de beneficiários recebendo seguro-desemprego nos EUA alcançou na última semana o patamar mais alto em 26 anos.

Adicionalmente, Obama voltou a apelar por uma rápida aprovação se seu pacote de estímulo à economia, estimado em US$ 775 bilhões, sob risco de aprofundamento da crise e aumento do desemprego no país.

O mercado reage a dados que não chegam a ser surpresa, pois já era esperada uma forte desaceleração econômica nos EUA no último trimestre de 2008. Ainda assim, a cada novo indicador os agentes respondem com pessimismo, mau humor e venda de ativos.

As ações da Wal-Mart fecharam em queda de 7,49% (US$ 51,38). O impacto da notícia de revisão de ganhos no trimestre final de 2008 foi grande e afetou papéis de outras varejistas como a Gap, que viu suas ações caírem 4,72% (US$ 12,92).

As ações da Sun Microsystems também perderam 8,25% (US$ 4,67) após os papéis da empresa entrarem na lista de indicação de "venda" da Goldman Sachs.

O alívio que impediu perdas mais relevantes hoje veio justamente de uma outra varejista. A Sears Holdings viu suas ações subirem 23,26% (US$ 49,98) depois de informar que espera lucro por ação maior do que o estimado no quarto trimestre fiscal, de US$ 2,44 a US$ 3,09, ante previsão média do mercado de US$ 1,92 por ação.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG