Nova York, 3 mai (EFE).- O índice Dow Jones Industrial, de referência em Wall Street, fechou hoje em alta de 1,3% impulsionado por dados econômicos animadores e pelo anúncio da fusão entre United Airlines e Continental, dando origem à maior companhia aérea do mundo.

Nova York, 3 mai (EFE).- O índice Dow Jones Industrial, de referência em Wall Street, fechou hoje em alta de 1,3% impulsionado por dados econômicos animadores e pelo anúncio da fusão entre United Airlines e Continental, dando origem à maior companhia aérea do mundo. O Dow Jones avançou 143,22 pontos e terminou o dia aos 11.151,83 pontos. O índice seletivo S&P 500 teve alta de 15,58 pontos (1,31%) e fechou em 1.202,26, enquanto o indicador da bolsa Nasdaq subiu 37,55 pontos (1,53%), até 2.498,74. O setor de transportes teve alta de 2%, enquanto os de equipamento, industrial e de empresas de produtos de consumo cíclico avançaram perto de 1,5%. O de matérias-primas perdeu 0,82%. Caterpillar e Boeing, com altas próximas a 2,7%, lideraram o avanço entre as empresas do Dow, seguidas por American Express, Cisco Systems, JP Morgan Chase e General Electric. A Alcoa (-2,08%) foi a única companhia desse índice que fechou o primeiro pregão de maio com perdas. Fora do Dow, as ações da UAL, empresa matriz da United Airlines, subiram 2,37%, enquanto as da Continental tiveram alta de 2,28% após o anúncio do acordo para a fusão entre ambas, avaliada em US$ 3,17 bilhões. As ações da Ford subiram 2,15% depois de um aumento de 24,7% na demanda pelos veículos da montadora em abril, mesmo mês em que superou a Toyota em número de vendas. Também tiveram um bom pregão as ações da Apple (2,01%), que conseguiu vender um milhão de unidades de seu tablet iPad em 28 dias no mercado. O produto foi lançado em 3 de abril. A dívida pública americana para dez anos descia de preço e oferecia uma rentabilidade de 3,69%. EFE vm/bba

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.