amp;P caem, mas Nasdaq inverte e sobe - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Dow Jones e S amp;P caem, mas Nasdaq inverte e sobe

As Bolsas de Nova York caíram com força na abertura do pregão regular, depois que o relatório preliminar do Produto Interno Bruto dos EUA e os dados de pedidos de auxílio-desemprego sugeriram que a maior economia do mundo pode estar no meio de uma recessão, segundo analistas. Mas o índice de gerentes de compra de Chicago melhor que o previsto trouxe um alento para os investidores e permitiu que o índice Nasdaq passasse para o território positivo.

Agência Estado |

O índice ficou acima de 50 pela primeira vez em seis meses, indicando expansão na atividade industrial.

Às 12h05 (de Brasília), o índice Dow Jones caía 0,38% e o S&P 500 recuava 0,09%. O Nasdaq exibia alta de 0,89%. No mesmo horário, o índice Bovespa operava em baixa de 0,26% a 59.842 pontos.

Com os preços de petróleo ainda em níveis que prejudicam montadoras e companhias aéreas e o mercado de trabalho mostrando fraqueza, a perspectiva para os EUA é ruim, afirmam analistas. Outros sinais sobre a situação da economia do país virão amanhã, quando o governo divulgar o relatório de postos de trabalho de julho.

O Produto Interno Bruto dos EUA cresceu 1,9% no segundo trimestre, ajudado pela melhora na balança comercial e pelos gastos dos consumidores que receberam os cheques de devolução de imposto. O crescimento, porém, ficou abaixo dos 2,3% de expansão previstos por economistas. Além disso, o Departamento de Comércio revisou o PIB do quarto trimestre do ano passado, para mostrar contração.

Em outro relatório, o Departamento de Trabalho informou que os pedidos de auxílio-desemprego nos EUA aumentaram em 44 mil na semana encerrada em 26 de julho, após ajustes sazonais, para 448 mil, o maior nível desde abril de 2003. Economistas esperavam queda de 8 mil.

"Os dados reforçaram a visão de que a economia está fraca e deve continuar assim por algum tempo", disse Zach Pandl, economista do Lehman Brothers. No caso das ações, "este continuará sendo um ambiente de lucro difícil para as empresas concentradas no mercado doméstico", acrescentou ele.

Por outro lado, a atividade no setor de manufaturas na região de Chicago, medida pelo índice de gerentes de compra (PMI, na sigla em inglês), subiu para 50,8 em julho, de 49,6 no mês anterior. Economistas esperavam queda no índice para 49,0.

No âmbito corporativo, a Bristol-Myers Squibb Co. se ofereceu para comprar as ações que ainda não possui na companhia de biotecnologia ImClone Systems por US$60 a ação, prêmio de 29% sobre o fechamento de ontem. Às 11h39 (de Brasília), as ações da Bristol-Myers caíam 1,35%. Já as da ImClone saltavam 37,66%. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: wall street

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG