P 500 fecham em ligeira baixa e Nasdaq sobe - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Dow Jones e S P 500 fecham em ligeira baixa e Nasdaq sobe

SÃO PAULO - Indicadores econômicos negativos levaram as principais bolsas de Nova York ao primeiro fechamento negativo em três dias. A queda na atividade manufatureira dos EUA, bem como a retração nas vendas de grandes montadoras, foram as principais influências negativas do pregão que antecede a reta final da eleição presidencial no país.

Valor Online |

A volatilidade, no entanto, predominou em boa parte da sessão e as variações foram modestas tanto na alta quanto na baixa. O industrial Dow Jones fechou com queda de 0,06%, aos 9,319 pontos. O Standard & Poor´s 500 cedeu 0,25%, para 966 pontos. O eletrônico Nasdaq encerrou com 1.726 pontos, em alta de 0,31%.

A atividade do setor manufatureiro medida pelo Institute for Supply Management (ISM) em outubro caiu para 38,9 pontos depois de situar-se em 43,5 em setembro. Qualquer leitura abaixo de 50 implica contração. Foi o menor nível registrado pelo índice desde setembro de 1982 (38,8).

Para completar, perto do final do pregão saíram os dados do setor automotivo, que mostraram forte retração entre as principais montadoras nos Estados Unidos. Na Ford as vendas no país caíram 30,2% perante outubro do ano passado. Para a GM o tombo foi ainda maior, com baixa de 45% em relação às vendas do mesmo mês do ano passado. Também cederam as vendas da Toyota (26%), Honda (25%) e Nissan (33%).

Entre os destaques as ações do US Bancorp subiram 1,63% (US$ 30,30) após o banco informar que receberá US$ 6,6 bilhões do governo pelo programa de aportes do Tesouro. As ações da GM tombaram 2,42% (US$ 5,65) e as da Ford recuaram 2,74% (US$ 2,13).

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG