SÃO PAULO - Os participantes em Wall Street dividem suas atenções entre os números da Alcoa, divulgados ontem à noite, abrindo a temporada de balanços dos EUA, e dados econômicos americanos. O Departamento do Comércio dos EUA mostrou que o déficit na balança de bens e serviços do país passou de US$ 37 bilhões em janeiro para US$ 39,7 bilhões um mês depois. Os agentes também seguem o movimento do dólar em relação a outras moedas e a oscilação no preço do petróleo e do ouro, entre outras commodities. Há pouco, o Dow Jones declinava 0,22%, ficando em 10.981,56 pontos.

SÃO PAULO - Os participantes em Wall Street dividem suas atenções entre os números da Alcoa, divulgados ontem à noite, abrindo a temporada de balanços dos EUA, e dados econômicos americanos. O Departamento do Comércio dos EUA mostrou que o déficit na balança de bens e serviços do país passou de US$ 37 bilhões em janeiro para US$ 39,7 bilhões um mês depois. Os agentes também seguem o movimento do dólar em relação a outras moedas e a oscilação no preço do petróleo e do ouro, entre outras commodities. Há pouco, o Dow Jones declinava 0,22%, ficando em 10.981,56 pontos. O Nasdaq somava 2.451,47 pontos, com decréscimo de 0,56%. O S & P 500 tinha baixa de 0,47% e estava em 1.190,91 pontos. (Juliana Cardoso | Valor, com agências internacionais)
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.