Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Dow Jones cai 6,53% em Nova York durante o pregão

Nova York - As bolsas de Nova York aceleravam sua queda à medida em que se aproximava o fechamento e o índice Dow Jones Industrial caía 6,53%, após uma segunda-feira negra nas bolsas européias e apesar da mobilização dos Governos para enfrentar a crise financeira. O Dow Jones Industrial, o índice mais importante de Wall Street, descia 674,37 pontos (6,53%), aos 9.651,01 pontos, e ficava abaixo da cota dos dez mil pontos, o que não ocorria desde outubro de 2004.

EFE |

Em 29 de setembro, o Dow Jones baixou 777,68 pontos (6,98%), a maior queda em pontos de sua história.

O mercado Nasdaq, onde cota a maioria das empresas de tecnologia e informática, perdia 139,33 pontos (7,15%), aos 1.808,06 pontos, enquanto o seletivo S&P 500 descia 72,87 pontos (6,63%), aos 1.026,36 unidades.

O índice composto NYSE, que reúne todos os valores cotados nas bolsas de Nova York, baixava 532,57 pontos (7,51%), aos 6.556,37 pontos.

Wall Street se mantinha em vermelho arrastada pelas grandes quedas nas bolsas asiáticas e européias: Tóquio (4,25%), Hong Kong (2,9%), Londres (7,85%), Paris (9,04%), Frankfurt (7,07%), Madri (6,06%) e Milão (8,24%), enquanto que em Moscou foi necessário interromper a negociação por causa da forte baixa da bolsa.

Mais notícias

 

Para saber mais

 

Serviço 

 

Opinião

 

Leia mais sobre Wall Street

    Leia tudo sobre: wall street

    Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG