Nova York, 10 jul (EFE).- A companhia química americana Dow Chemical anunciou hoje que chegou a um acordo definitivo para a compra de sua rival Rohm and Haas, por US$ 18,8 bilhões (US$ 78 por ação).

Isto representa uma alta de 73,9% com relação ao valor de fechamento de US$ 44,83 por ação, apresentado ontem pelos títulos da Rohm and Haas na Bolsa de Nova York.

Os analistas de Wall Street consideram, no entanto, que a Dow Chemical está pagando um preço excessivamente elevado por sua rival.

Para a compra da Rohm and Haas, a Dow Chemical contou com financiamento da Berkshire Hathaway, a empresa do multimilionário americano Warren Buffett, e do fundo soberano do Kuwait.

O executivo-chefe e presidente da Dow Chemical, Andrew Liveris, assegurou em comunicado que a aquisição de sua concorrente marca "um passo definitivo na estratégia de transformação para criar a Dow Chemical de amanhã", que começou com a aquisição, em dezembro, da Petrochemical Industrial Company (PIC) do estado do Kuwait.

"A Rohm and Haas nos dá acesso a tecnologias novas e apaixonantes, e nos oferece um maior acesso a países emergentes", acrescentou Liveris. EFE bj/gs

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.