Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Dólar tem forte queda; Bovespa segue em alta

Com um cenário mais calmo nos mercados internacionais, o dólar devolveu nesta terça-feira parte dos exageros da alta de 6,15% de ontem ante o real e cedeu 2,95%, cotado a R$ 1,906.

Redação com agências |

 

Ainda assim, no mês de setembro, a divisa acumulou forte alta de 16,79%, maior valorização mensal em seis anos.

A disparada de ontem se deu em meio ao estresse das bolsas de valores após a rejeição pela Câmara dos Deputados dos Estados Unidos do pacote de socorro de US$ 700 bilhões aos bancos.

Mesmo com a queda de hoje, o dólar deve fechar o mês de setembro com forte valorização, superior a 15%. Na virada de agosto para setembro, a moeda estava no nível de R$ 1,633 (cotação de fechamento do dólar comercial em 29 de agosto).

Bovespa

A Bolsa de Valores de São Paulo segue o movimento internacional e opera em forte alta nesta terça-feira, depois da queda recorde de mais de 9% da véspera. Por volta das 16h, o Ibovespa, principal índice da bolsa paulista, ganhava 5,01%, aos 48.334 pontos.

Depois do pesadelo de ontem, quando o cenário global foi de caos após a rejeição pela Câmara dos EUA do pacote de US$ 700 bilhões de ajuda ao sistema financeiro, os mercados passaram a trabalhar hoje com a idéia de que as coisas não poderão ficar como estão e que o governo norte-americano terá de fazer algo. Essa esperança de alguma solução para a crise financeira permite uma recuperação técnica dos mercados acionários.

As bolsas subiram na Europa e seguem pelo mesmo caminho nos EUA. O índice Dow Jones operava em alta de 3,68% e o Nasdaq, 4,54%.

(Com informações da Agência Estado e Reuters)

Mais notícias

 

Para saber mais

 

Serviço 

 

Opinião

 

Leia mais sobre Bovespa - dólar

Leia tudo sobre: bovespadolar

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG