Acompanhe o mercado financeiro em tempo real http://ultimosegundo.ig.com.br/economia/2008/09/09/acoes_europeias_caem_com_mineradoras_e_petroleo_1728009.htmlAções européias caem com mineradoras e petróleo José Paulo Kupfer: http://colunistas.ig.com.br/jpkupfer/2008/09/09/a-ortodoxia-so-vale-ao-sul-da-linha-do-equador/A ortodoxia só vale ao sul da linha do Equador?" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Dólar tem forte alta e fecha na maior cotação desde janeiro; Bovespa tem perda de mais de 3%

A saída de capitais do país manteve o dólar em forte alta nesta terça-feira, após uma sessão tensa com o aumento da aversão a risco no exterior e com o tombo da Bolsa de Valores de São Paulo. http://ultimosegundo.ig.com.br/economia/painel/painel_newuseg.htmlAcompanhe o mercado financeiro em tempo real http://ultimosegundo.ig.com.br/economia/2008/09/09/acoes_europeias_caem_com_mineradoras_e_petroleo_1728009.htmlAções européias caem com mineradoras e petróleo José Paulo Kupfer: http://colunistas.ig.com.br/jpkupfer/2008/09/09/a-ortodoxia-so-vale-ao-sul-da-linha-do-equador/A ortodoxia só vale ao sul da linha do Equador?

Redação com agências |

Acordo Ortográfico A moeda americana fechou o dia cotada a R$ 1,773, com alta de 2,19%. É a maior cotação de fechamento desde 30 de janeiro. Há pouco mais de um mês, a divisa estava nos menores níveis desde 1999, a cerca de R$ 1,56. De lá para cá, a disparada do dólar foi de 13,5%.

Bovespa

Os mercados domésticos mostram sensível piora nesta tarde, com a Bovespa renovando as mínimas e juros indo às máximas do dia. No exterior, destaca-se a aceleração do recuo dos preços do petróleo, sendo que o contrato para outubro negociado em Londres caiu abaixo de US$ 100 pela primeira vez desde abril.

Por volta das 15h55, o barril do Brent era cotado em US$ 99,55 em Londres, com queda de 3,75%. Em Wall Street, as bolsas seguem com quedas expressivas, com o Dow Jones e o S&P 500, em -1,68% e -2,56%, respectivamente, às 15h58.

A Bovespa derreteu na última hora. As perdas, que já não eram poucas mais cedo, ultrapassaram os 4% e levaram o índice abaixo de 49 mil pontos. Segundo operadores, além das razões que vêm justificando as ordens de vendas nos últimos tempos e, com mais intensidade na última semana, a ampliação das perdas do petróleo nesta tarde levou ao aprofundamento do recuo momentos atrás.

Na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), o contrato de petróleo com vencimento em outubro fechou em baixa de 2,90% a US$ 103,26. As ações da Petrobras, na esteira, desmoronavam: -5,88% as ordinárias (ON) e -4,82% as preferenciais (PN). Com a queda dos metais, Vale acompanha e cai mais de 3% (-3,79% as ON e -3,16% as PNA). "Está feliz quem está líquido ou quem está vendido", resumiu um profissional do mercado. Às 16 horas, o índice Bovespa caía 3,47%, aos 48.960 pontos, depois de tocar nos 46.631 pontos (-4,12%).

(Com informações da Agência Estado e Reuters)

Leia também:

 

Leia mais sobre Bovespa - dólar

Leia tudo sobre: bovespadolar

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG