Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Dólar sobe com cenário externo negativo e feriado nos EUA

SÃO PAULO (Reuters) - Em meio às preocupações no cenário externo e ao feriado nos Estados Unidos, o dólar fechou em alta frente ao real nesta segunda-feira. A moeda norte-americana encerrou a sessão valorizada em 0,62 por cento, a 2,280 para venda, na cotação máxima do dia.

Reuters |

"O principal fator hoje é a valorização que o dólar está tendo em relação às principais moedas. A queda nos mercados estrangeiros (de ações) também contribuiu", afirmou Gerson de Nobrega, gerente de tesouraria do banco Alfa de Investimento.

Frente a uma cesta das principais moedas, o dólar tinha valorização de 0,67 por cento no momento em que o mercado brasileiro de câmbio encerrou as operações.

Nesta segunda-feira, dados mostraram que a economia do Japão teve a maior contração trimestral em 35 anos, causada principalmente pela queda nas exportações e a fraca demanda interna.

Preocupações sobre perdas de bancos e redução de preços das commodities derrubaram os mercados acionários da Europa. A decepção frente à falta de ação coordenada por parte dos países do G7, que se reuniram no final de semana, também ajudou na queda dos índices.

De acordo com dados mais atualizados da BM&F, o volume de negócios no mercado de dólar à vista girava em torno de 460 milhões de dólares, bem abaixo da média diária de fevereiro, de cerca de 3 bilhões de dólares.

O Banco Central vendeu 37.300 contratos de swap cambial tradicional, de uma oferta de até 44.300 para rolagem de contratos que expiram em 2 de março. O volume da operação foi de 1,85 bilhão de dólares.

"Até sobrou dólar. Não tinha tanta gente querendo dólar para esse vencimento", ponderou Mario Battistel, gerente de operações de câmbio da Fair Corretora.

Enquanto isso, o principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa) operava em baixa de mais de 1 por cento, também no horário de fechamento do mercado cambial.

(Reportagem de José de Castro)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG