Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Dólar sobe apesar de leilões do BC

O dólar à vista subiu 0,09%, a R$ 2,117 no balcão, ontem, apesar de três leilões do Banco Central. A correção final refletiu o avanço externo do dólar, por causa de temores de recessão nos EUA e Europa.

Agência Estado |

O presidente do Federal Reserve, Ben Bernanke, deu aval para um 2º pacote de estímulo econômico nos EUA e ajudou a impulsionar o dólar e as bolsas.

Dúvidas sobre a demanda no 1º leilão do BC de até US$ 2 bilhões para repasse a exportadores também favoreceram o ajuste interno. Nesse leilão, o BC emprestou US$ 1,620 bilhão a quatro bancos, com taxa de 0,11% acima da taxa Libor, de 4,13%, segundo uma fonte.

No fim da tarde, o euro recuava a US$ 1,3331, de US$ 1,3409 na 6ªF. A Bovespa saltou 8,36%, aos 39.441,08 pontos. Petrobrás PN avançou 10,44%. O petróleo novembro em Nova York ganhou 3,34%, a US$ 74,25 por barril. E o juro de janeiro de 2010 caiu a 14,70%.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG