Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Dólar sobe 2%; Bovespa tem forte queda

A aversão ao risco se traduz em busca por proteção no dólar e no ouro e consequente saída de commodities e outros ativos. Com isso, o dólar encerrou os negócios com alta de quase 2%.

Redação com agências |

 

A moeda americana fechou esta terça-feira cotada a R$ 2,325, com alta de 1,97%. É a maior alta diária do dólar em uma semana.

"O mercado lá fora está muito deprimido, a Europa está muito deprimida e os Estados Unidos também. Essa crise está cada vez mais saindo do controle", avaliou Mario Paiva, analista de câmbio da Corretora Liquidez.

Bovespa

Commodities em baixa, renovada preocupação com o setor financeiro, rumores de falência da General Motors e descrença com os planos de estímulo econômico são os fatores por trás da perda acentuada de valor das ações ao redor do mundo nesta terça-feira. Por aqui as vendas continua firmes na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), que volta oscilar abaixo dos 40 mil pontos, patamar que era respeitado desde o começo do mês.

Por volta das 16h35, o Ibovespa tinha queda de 4,07%, aos 40.137 pontos. Na Europa o pregão também foi de queda, e em Wall Street predominam as vendas.

(Com informações do Valor Online e euters)

Leia mais sobre: Bolsa e dólar

Leia tudo sobre: bovespadolar

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG