Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Dólar segue piora de humor externo e têm alta ante o real

SÃO PAULO - Depois de perdas acentuadas durante a primeira parte do pregão, o dólar seguiu a mudança de humor no mercado externo e ganhou valor ante o real. A moeda estrangeira fechou o dia valendo R$ 2,190 na compra e R$ 2,192 na venda, valorização de 1,48%.

Valor Online |

Na mínima do dia, a divisa testou R$ 2,108, ou queda de 2,40%.

Na roda de "pronto" da Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM & F), a moeda apresentou valorização de 1,39%, para R$ 2,190. O giro financeiro ficou em US$ 66,25 milhões, menos da metade do observado na sexta-feira.

Pela manhã, o humor dos investidores foi impulsionado pelo plano de US$ 580 bilhões anunciado pelo governo da China. Mas de acordo com o operador da Dascam Corretora de Câmbio, Luiz Fernando Moreira, a notícia teve efeito limitado e, já no começo da tarde, a preocupação com a economia norte-americana voltava a falar mais alto. E isso reverteu o sinal das bolsas em Wall Street e também a cotação do dólar por aqui.

Na avaliação do especialista, o que contribuiu para a mudança de humor foi a notícia de mais uma falência nos EUA. A Circuit City, segunda maior varejista de eletrônicos dos EUA, pediu proteção de credores sob o Capítulo 11 da Lei de Falências. Antes disso, os investidores já digeriam perdas bilionárias da seguradora AIG e da financeira hipotecária Fannie Mae. "A tendência dominante para o dólar é de alta e qualquer notícia negativa estimula a valorização da moeda", resume.

Ainda de acordo com Moreira, o que reforça a expectativa de alta é a contínua formação de posições compradas em dólar no mercado futuro. "O investidor se sente mais confortável apostando na alta da moeda."
Mantendo a postura adotada nas últimas semanas, o Banco Central voltou a ofertar dólares via contratos de swap. Na operação realizada hoje, foram colocados 4.290 contratos de um total de 14 mil ofertados, movimentando US$ 212,9 milhões.

(Eduardo Campos | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG