Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Dólar segue bom humor dos mercados e cai mais de 1%

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar caía mais de 1 por cento nesta quinta-feira, seguindo mais uma sessão de bom humor dos mercados acionários, um dia após o Federal Reserve ter anunciado linhas de swap de moedas para quatro países, incluindo o Brasil. Às 11h37, a moeda norte-americana era cotada a 2,116 reais, em queda de 1,21 por cento.

Reuters |

"O dólar está seguindo a tendência natural de voltar para o patamar normal em torno de 2 reais", avaliou Paulo Shiguemi Fujisaki, analista de mercado da corretora Socopa, ressalvando que esse ajuste tende a ocorrer na ausência de novos dados pessimistas.

"A volatilidade de qualquer maneira vai continuar, mas a tendência é começar a diminuir, tudo depende das notícias", acrescentou.

O melhor ânimo dos mercados em mais uma sessão era estimulado pela redução da taxa de juro nos EUA na véspera para 1 por cento, como forma de combater a ameaça de recessão econômica. No Brasil, a taxa Selic foi mantida em 13,75 por cento ao ano.

Em outro anúncio realizado na quarta-feira, o Fed divulgou quatro linhas de swap de moedas com Brasil, México, Coréia do Sul e Cingapura, de volume de 30 bilhões de dólares cada. O BC norte-americano justificou a medida como uma tentativa de melhorar as condições de liquidez nos mercados financeiros globais.

Fujisaki avaliou que o novo instrumento do Fed, aliado às recentes atuações do Banco Central brasileiro, contribuem com uma estabilização no mercado de câmbio, uma vez que fornecem a chance de empresas brasileiras acertarem suas posições depois de apostas erradas no mercado de derivativos.

Em pronunciamento na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, Mantega afirmou que as empresas que tiveram problemas com derivativos estão liquidando posições e que "esse problema está em vias de ser solucionado".

Nesta quinta-feira, o Banco Central anunciou a realização de três leilões simultâneos de venda de dólar com compromisso de recompra, entre 14h45 e 15h.

A autoridade monetária ainda ofertará 1,5 bilhão de dólares em mais um leilão de swap cambial tradicional. As propostas serão acolhidas entre 12h45 e 13h e o resultado será divulgado a partir das 13h15.

(Reportagem de Jenifer Corrêa)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG