Nova York, 22 jul (EFE).- O dólar se valorizou hoje perante o euro e o iene em Nova York, em um dia em que predominou um ambiente mais otimista nas bolsas nova-iorquinas em relação ao pregão anterior e o preço do Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) caiu mais de US$ 3.

Depois do fechamento dos mercados, por um euro se pagava US$ 1,5779, valor inferior ao US$ 1,5899 do pregão anterior.

Um dólar era intercambiado hoje a 0,6338 euro, comparado com os 0,6290 euro da segunda-feira.

Em relação à moeda japonesa, o dólar era vendido a 107,33 ienes, frente aos 106,70 ienes do pregão anterior.

Os principais indicadores das bolsas nova-iorquinas fecharam hoje o pregão em alta, devido em parte ao alívio gerado pela queda do preço do petróleo, que no caso do Texas fechou hoje a menos de US$ 128.

A moeda americana encontrou apoio também em alguns comentários do secretário do Tesouro dos EUA, Henry Paulson, que reafirmou hoje o respaldo do Governo a um dólar forte.

Por outra parte, o presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) na Filadélfia, Charles Plosser, sugeriu hoje em um ato público que, em breve, se deverá subir as taxas de juros nos EUA para conter a inflação.

Além disso, o subsecretário-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), John Lipsky, ressaltou hoje que o euro está supervalorizado e que as previsões da economia da zona do euro a médio prazo não justificam o valor atual dessa divisa.

A moeda americana foi intercambiada assim frente às principais divisas mundiais: EURO FECHAMENTO ABERTURA ------ ------ -------- EURO 1,5779 1,5899 IENE 107,33 106,70 LIBRA EST. 0,5023 0,5002 FRANCO-SUIÇO 1,0309 1,0202 DÓLAR CANAD. 1,0085 1,0014 EFE vm/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.