Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Dólar repete abertura forte, mas recua da máxima

O dólar repetiu o comportamento de abertura em forte alta ante o real hoje, mas em meio a um volume equivalente à metade dos registrados em dias normais. O mercado está pequeno, ampliando a volatilidade, comentou um operador.

Agência Estado |

"Com o estresse do mercado, os operadores que precisam zerar posições, fazem isso a qualquer preço", observou.

Por volta das 11h20 (de Brasília), o dólar comercial era negociado a R$ 1,837 no mercado interbancário de câmbio, com valorização de 1,27%, recuando da taxa máxima do dia até o momento, de R$ 1,855 (+2,26%). No mesmo horário, na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), o dólar à vista valia R$ 1,834 (+1,49%), na taxa mínima do dia, após tocar a máxima de R$ 1,852 (+2,49%).

Até o momento, o Banco Central não interveio no mercado de câmbio. Há três dias consecutivos, a autoridade monetária não realiza operação de compra de dólares no mercado.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG