O Banco Central interveio no mercado de câmbio no fim desta manhã, anunciando novo leilão de venda de dólares, operação na qual a autoridade monetária oferta dólares ao mercado com o compromisso de recompra em data futura. As propostas das instituições financeiras foram aceitas até as 11h45 (de Brasília).

Participaram da operação as instituições financeiras credenciadas junto ao BC, sendo que cada uma pôde participar com no máximo 20% do montante total oferecido no leilão, de US$ 500 milhões.

O Banco Central fixou taxas de venda de R$ 1,848 e de compra de R$ 1,883574 no leilão. A liquidação da venda será na terça-feira da semana que vem (dia 30) e da compra em 19 de dezembro, ou seja, em 80 dias corridos.

Após a operação, por volta das 12h20 (de Brasília), o dólar comercial era negociado em alta de 1,43%, cotado a R$ 1,847. Na máxima, a moeda americana chegou a valer R$ 1,866 (+2,47%). Na mínima, o dólar comercial teve alta de 1,04% a R$ 1,84.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.