O dólar comercial interrompeu a baixa das cotações, registrada pela manhã, e no início desta tarde passou a ser negociado em alta de 0,49% a R$ 2,261 no mercado interbancário de câmbio, às 12h50. Na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), nos contratos de liquidação à vista, a moeda americana estava cotada a R$ 2,262, valorização de 0,53% em relação ao fechamento dos negócios ontem (R$ 2,25).

A taxa mínima registrada hoje até este horário, no mercado interbancário de câmbio e na BM&F, foi de R$ 2,226 por dólar.

Na Bolsa de Valores de São Paulo, o índice Bovespa operava em alta de 0,76% a 40.449 pontos. O volume de negócios somava a R$ 2,06 bilhões. As ações mais negociadas eram Petrobras PN (alta de 3%), Vale PNA (alta de 1%) e Petrobras ON (+3,97%). O petróleo, em alta de mais de 5% nos contratos futuros negociados em Nova York, acima de US$ 50 o barril, justifica a valorização das ações da Petrobras.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.