Após operar em baixa desde o início do pregão, a Bolsa de Valores de São Paulo passou a oscilar. Por volta das 16h30, registrava perda de 0,47%, com 51.166 pontos. Já o dólar, que chegou a ser cotado a R$ 1,743, fechou próximo da estabilidade, com alta de 0,06%, negociado a R$ 1,718.

A moeda norte-americana manteve-se em alta por sete pregões consecutivos, registrando valorização de 5,2% acumulada na semana . As principais Bolsas de Valores européias fecharam em queda nesta sexta-feira. Em Paris, o CAC 40 recuou 2,49%. Em Londres, o Footsie-100 perdeu 2,26%. Em Frankfurt, o Dax caiu 2,42%.

A tendência negativa nos mercados veio desde a abertura dos negócios, com a incerteza nos mercados financeiros internacionais - envolvendo a desaceleração de economias européias, dados negativos sobre o emprego nos EUA e a queda no preço das commodities.

A divulgação do relatório de emprego dos EUA (payroll) de agosto, cujo resultado foi pior do que o esperado, enterrou qualquer esperança de reação do mercado brasileiro de ações hoje. Ontem, a Bovespa atingiu o seu menor nível desde 21 de agosto de 2007.

O Departamento de Trabalho americano informou hoje que o desemprego nos Estados Unidos subiu pelo oitavo mês seguido e se situou, em agosto, em 6,1% da população ativa.

Nos EUA, os índices futuros das Bolsas de Nova York também acentuaram as perdas para mais de 1% após o relatório de emprego, movimento seguido pelo mercado europeu, indicando mais um dia difícil pela frente.

Com esses números fracos do mercado de trabalho, os futuros das taxas de juros americanas eliminaram a expectativa de elevação do juro básico americano o início do ano que vem e agora mostram que os investidores apostam em manutenção do juro em 2% ao ano nas próximas três reuniões até o fim do ano e também na primeira reunião de 2009.

Os preços das commodities seguem em baixa, com os investidores precificando um cenário de desaceleração mundial mais forte. 

Leia mais sobre dólar  e sobre a Bovespa

    Leia tudo sobre: bovespa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.