Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Dólar fecha em queda de 0,79%; Bovespa opera em alta

SÃO PAULO - Depois de bater R$ 1,650 durante a manhã desta terça-feira, a moeda norte-americana não sustentou a alta e voltou a perder valor para a divisa brasileira. A mudança de rumo seguiu outras moedas, como o euro e a libra, que também ganharam valor depois dos sinais de fragilidade da economia norte-americana. O dólar fechou o dia cotado a R$ 1,627, em queda de 0,79%

Redação com agências |


A cotação foi influenciada pelo comportamento do dólar no exterior. A moeda norte-americana começou o dia em alta diante das principais divisas, mas sentiu o baque no final da manhã de dados econômicos piores que o esperado e das preocupações com o setor financeiro.

"Está havendo um realinhamento dos preços em dólar", disse Reginaldo Galhardo, gerente de câmbio da corretora Treviso. "Fica uma gangorra. (Quando) o dólar valoriza frente a (outras) moedas, o mercado inteiro vai atrás do dólar. O inverso é verdadeiro também", resumiu.

Nos Estados Unidos, o Índice de Preços ao Produtor (PPI) teve em julho a maior alta em 27 anos em termos anuais. Além disso, as ações de bancos como Wells Fargo, Bank of America e Lehman Brothers tinham forte baixa, ajudando a derrubar as bolsas norte-americanas.

Segundo analistas estrangeiros, os investidores aproveitaram a fraqueza do mercado em Nova York para realizar lucros, devolvendo parte da valorização acumulada pelo dólar nas últimas semanas.

Bovespa

Beneficiado pela forte valorização das ações da Petrobras e pelos bons ganhos da Vale, o Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo, opera em alta. Por volta das 16h, o Ibovespa subia 1,17%, aos 53.951 pontos.

Com informações da Agência Estado, da Reuters e do Valor Online

Leia também:

 

Leia mais sobre Bovespa  -  dólar

Leia tudo sobre: bovespadolar

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG