Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Dólar fecha em queda de 0,61%; Bovespa sobe

O dólar fechou em queda nesta quarta-feira, seguindo os movimentos dos mercados internacionais e aproveitando o bom humor na Bolsa de Valores de São Paulo. A moeda americana caiu 0,61% e ficou cotada a R$ 1,622. Apesar da queda nas duas últimas sessões, a divisa ainda acumula alta de 3,77% neste mês.

Redação com agências |


Segundo Reginaldo Galhardo, gerente de câmbio da Treviso Corretora de Câmbio, o mercado cambial está bastante ligado ao cenário externo reagindo pontualmente a notícias e indicadores.

"O mercado (doméstico) está lastreado às commodities, ao euro e ao (movimento do) dólar (frente a outras moedas)", disse o gerente, explicando que qualquer impacto nesses ativos é dispersado nos outros.

"Esta instabilidade nos Estados Unidos tem gerado uma gangorra aqui. Toda vez que sai algum índice, balança essa gangorra", disse Galhardo, acrescentando que o investidor tem evitado se posicionar de forma mais expressiva nos mercados futuros.

Dados da Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F) mostram que os investidores montaram posições líquidas compradas de aproximadamente US$ 9 bilhões na primeira quinzena de agosto. Mas tal posição vem sendo desmontada e somam atualmente apenas US$ 192 milhões.

Em relatório, Sidnei Nehme, diretor-executivo da NGO Corretora de Câmbio, explica esse movimento afirmando que "as oscilações ocorridas ao longo de julho decorreram de 'especulação' nos derivativos contra o dólar, postura que foi revertida e substituída por 'especulação' contra o real" em agosto, justificando parte do avanço da moeda norte-americana acumulado neste mês.

Para Nehme, o mercado não tem mais força para impulsionar o dólar e deve retornar lentamente ao patamar de R$ 1,60.

Na última hora de negócios, o Banco Central realizou um leilão de compra de dólares no mercado à vista e definiu a taxa de corte a R$ 1,6214.

Bovespa

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) segue operando em território positivo, com as compras estimuladas pela valorização no preço das commodities. Por volta das 16h, o Ibovespa, principal índice da Bolsa paulista, apresentava alta de 1,79%, para 55.330 pontos.

Com informações da Reuters e do Valor Online

Leia também:

 

Leia mais sobre Bovespa - dólar  

Leia tudo sobre: bovespadolar

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG