Após um pregão de muita instabilidade, o dólar fechou em queda nesta quarta-feira, num pequeno movimento de ajuste depois do feriado prolongado que se seguiu a uma semana de forte alta na cotação

A moeda americana encerrou o pregão com queda de 0,54%, cotada a R$ 2,379.

"Na sexta, o dólar teve uma alta grande. Acho que está havendo um ajuste técnico hoje", afirma Marcos Forgione, operador de câmbio da B&T Corretora de Câmbio. Na última sessão, a moeda norte-americana subiu 1,7%.

Segundo o analista da Corretora Liquidez, Mário Paiva, o dólar não encontra sustentação acima de R$ 2,40. Quanto tal preço é atingido, aparece grande quantidade de vendedores.

À parte do dia-a-dia, Paiva avalia que a emissão de dólares pelo governo dos EUA vai aumentar muito como decorrência da crise e que, naturalmente, o preço do ativo não tem como se sustentar em alta.

O Banco Central continuou ausente do mercado à vista. Amanhã, a autoridade monetária faz leilão de linha (venda de dólar com compromisso de recompra).

Bovespa

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) segue operando em queda. O dia é de ajuste na Bovespa depois de dois dias sem negociação por causa do feriado do carnaval.

Por volta das 16h25, o Ibovespa, principal índice da Bolsa paulista, marcava queda de 0,90%, aos 38.365 pontos.

(Com informações da Reuters e Valor Online)

Leia também:

Leia mais sobre Bovespa - dólar

    Leia tudo sobre: bovespa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.