Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Dólar fecha cotado a R$ 1,640; Bovespa opera em queda

SÃO PAULO - O dólar ensaiou um pregão de baixa ante o real, mas fechou a segunda-feira cotado a R$ 1,640, em alta de 0,06%

Redação com Valor Online |

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) firma posição em território negativo, com a forte queda dos índices em Nova York minando a confiança do investidor. Por volta das 15h45, o Ibovespa perdia 1,98%, para 53.240 pontos. Tal pontuação é a menor desde setembro de 2007. O giro financeiro estava em R$ 3,58 bilhões.

Em Wall Street, o setor financeiro puxa as vendas, depois que reportagens indicaram que as financeiras hipotecárias Freddie Mac e Fannie Mae terão mesmo de ser resgatadas pelo governo, pois não teriam mais capacidade de levantar recursos sozinhas. Além disso, os investidores lidam com rumores de novas baixas contábeis entre os bancos. Há pouco, o Dow Jones perdia 1,65%, enquanto o Nasdaq recuava 1,72%.

Dentro do Ibovespa, as perdas são lideradas pelas ações da PN da Petrobras, que baixavam 3,06%, para R$ 31,67. Vale PNA também caía forte, recuando 2,94%, para R$ 34,65.

Acompanhando seus pares externos, os bancos também perdiam valor. Bradesco PN desvalorizava 2,91%, para R$ 29,27. Itaú PN caía 2,24%, para R$ 30,45, e as unis do Unibanco perdiam 3,29%, para R$ 18,76.

Queda acentuada também para as siderúrgicas. CSN ON recuava 4,10%, para R$ 50,01. Usiminas PNA diminuía 3,19%, para R$ 52,18, e Gerdau PN tinha baixa de 2,89%, R$ 27,19.

Resistindo às vendas, Eletrobrás ON subia 0,76%, para R$ 27,70, beneficiada pela recomendação de comprada dada por uma corretora estrangeira. Destaque para o papel PNB da Cesp, que valorizava 2,92%, para R$ 27,80.

Fora do índice, o papel ON da MMX Mineração caía 8,06%, para R$ 11,40. E as units da Kroton Educacional perdiam 12%, para R$ 22,00. Perda de 10,61%, para o BDR da Laep, controladora da Parmalat, que valia R$ 1,60.

Leia mais sobre Bovespa - dólar

Leia tudo sobre: bovespadolar

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG