SÃO PAULO - Após três altas seguidas, o dólar voltou a perder força para a moeda brasileira, no sentido contrário ao do mercado externo. Pesou contra a divisa americana a entrada de recursos externos no Brasil e um reajuste do preço de minério de ferro pela Vale acima de 100%, conforme matéria publicada hoje pelo Valor.

Dados preliminares apontam que, com mínima de R$ 1,778 e máxima de R$ 1,796, a moeda americana fechou cotada a R$ 1,777 na compra e a R$ 1,779 na venda, depreciação de 1,16%.

Na última sessão, o dólar havia subido apenas 0,05%, a R$ 1,800, na maior cotação desde o dia 26 de fevereiro (R$ 1,807).

(Beatriz Cutait | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.