Tamanho do texto

SÃO PAULO - Com bolsas e commodities em baixa delineando a aversão ao risco, a demanda por dólar subiu forte nessa segunda-feira, seja para proteção ou para especulação contra a divisa brasileira. Enquanto isso, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) vem testando as mínimas do dia e tem queda na casa dos 5%.

A moeda americana encerrou odia cotada a R$ 2,443, com alta de 3,04%. Durante o pregão, a moeda atingiu a máxima de R$ 2,451.

O fechamento de hoje representa a maior cotação de fechamento do dólar desde 9 de dezembro, e a maior variação percentual desde 3 de dezembro.

Bovespa

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) deve registrar uma das maiores perdas percentuais do ano nesta segunda-feira. Por volta das 17h20, o Ibovespa perdia 4,80%, para 36.348 pontos, com giro financeiro em R$ 3,34 bilhões. Com tal pontuação, o índice passa a registrar desvalorização de 3,2% em 2009.

As vendas por aqui continuam alinhadas ao pessimismo externo, onde o Dow Jones opera em mínimas não observadas desde 1997. Há pouco, o indicador caía 3,70%, para 6.801 pontos. O Nasdaq perdia 3,29%. O S & P 500 recuava 4,16%, a 704 pontos.

A fonte de pessimismo continua no setor financeiro, depois que a seguradora AIG reportou perde trimestral de US$ 61,7 bilhões e precisou de nova ajuda do governo, que liberou mais US$ 30 bilhões para a empresa mostrando que ela é muito importante para quebrar.

Ainda hoje, o HSBC reportou queda de 70% no lucro de 2008 e anunciou que pretende levantar mais de US$ 17 bilhões para reforçar o caixa por meio de emissão de ações com desconto.

Com a aversão ao risco crescendo, os agentes venderam commodities e buscaram proteção no dólar e títulos da dívida americana. Reflexo disso por aqui é a queda no preço das principais ações do Ibovespa.

Balanço de fevereiro

A Bovespa encerrou o mês de fevereiro com giro médio diário de R$ 4,107 bilhões, o que representa crescimento de 14,2% em relação a janeiro. Na comparação com fevereiro de 2008, quando foi de R$ 6,136 bilhões, o giro teve queda de 33,06%.

A média diária de negócios aumentou 5,1% em fevereiro em relação ao mês anterior, e somou 280.152 negócios. Em relação a fevereiro de 2008, quando a média diária foi de 203.322 negócios, houve aumento de 37,78%.

As 391 empresas cotadas na Bolsa encerraram o mês passado com valor de mercado de R$ 1,417 trilhão, com queda de 0,4% ante janeiro.

(Com informações da Reuters, Valor Online e Agência Estado)

Leia também:

Leia mais sobre Bovespa - dólar

    Leia tudo sobre: bovespa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.