SÃO PAULO - Com quatro dias seguidos de queda, o dólar comercial firma posição abaixo dos R$ 2,20. O recuo é atribuído à entrada de recursos no país e à redução nas apostas contra o real no mercado futuro. Nesta terça-feira, a moeda norte-americana fechou os negócios a R$ 2,182, uma desvalorização de 3,28%.

Bolsa de Valores

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) resiste à instabilidade externa e segue operando em território positivo. O Ibovespa apresentava valorização de 1,41%, aos 42.103 pontos.

As compras seguem concentradas nas ações PNA da Vale, da Petrobras e das siderúrgicas, que acompanham a valorização no preço das commodities.

Em Wall Street, Dow Jones aponta leve valorização de 0,19%, depois de um breve passeio pelo território negativo. Já a bolsa eletrônica Nasdaq sustentava alta de 0,82%. Os indicadores econômicos do dia vieram conflitantes, com a melhora na atividade no setor de serviços contrastando com a acentuada queda nas encomendas à indústria.

Leia mais sobre Bovespa - dólar

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.