Tamanho do texto

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar saltava mais de 4 por cento nesta quarta-feira, atingindo o maior patamar em mais de um ano com o desmonte de posições de investidores em meio a temores com a escassez de crédito nos mercados mundiais. Às 15h14, a moeda norte-americana disparava 4,02 por cento, a 1,942 real. A divisa registrava o maior patamar desde setembro de 2007.

A forte crise de crédito mundial começou a afetar diretamente as principais linhas de crédito em dólar do país, principalmente para exportadores, segundo analistas.

(Por Fabio Gehrke)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.