Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Dólar comercial sobe mais de 1% e fecha a R$ 2,191

O dólar fechou em alta superior a 1%, na casa dos R$ 2,19, após ser negociado em baixa em relação ao real durante boa parte da sessão de hoje, em meio à animação dos investidores causada pelo pacote econômico do governo chinês de US$ 586 bilhões. A inversão de sinal da moeda americana ante a brasileira ocorreu durante a tarde, quando o dólar zerou os ganhos e passou a subir, ajustando-se à virada para o terreno negativo do petróleo e das Bolsas em Nova York.

Agência Estado |

No fechamento, o dólar à vista subiu 1,39%, para a máxima de R$ 2,19 na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F). No mercado interbancário de câmbio, o dólar comercial avançou 1,62%, a R$ 2,191. O giro financeiro total foi de US$ 1,126 bilhão.

O operador de câmbio Mario Battistel, da Fair Corretora, disse que as cotações do dólar ajustaram-se em alta ao recuo do petróleo abaixo de US$ 60 por barril e à piora das Bolsas em Nova York, que empurraram a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) para o vermelho durante à tarde.

Hoje, o Banco Central fez apenas um leilão, de swap cambial tradicional, em que ofertou até 14 mil contratos com vencimento em 2 de fevereiro de 2009, totalizando US$ 700 milhões, mas vendeu apenas 4.290 contratos, ou US$ 212,9 milhões. A liquidação da operação será amanhã.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG