Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolsas da Europa terminam com fortes baixas; Londres declina 7,16%

SÃO PAULO - As bolsas da Europa encerraram esta sessão com perdas em meio a temores renovados sobre a falta de dinamismo econômico e quedas nas ações industriais e de mineradoras. Os agentes deram atenção ao desempenho das vendas no varejo americano em setembro. Houve queda de 1,2% em relação a agosto enquanto a expectativa de muitos analistas era de um recuo de 0,7%.

Valor Online |

Na BM&F, o dólar negociado à vista também renovou a taxa máxima da sessão, em alta de 4,68%, a R$ 2,19.

Nos mercados acionários, o Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo, atingiu queda de 10% às 14h25, levando à interrupção dos negócios por meia hora. Em Nova York, o índice Dow Jones cedia 5,25% às 14h45, o Nasdaq perdia 5,45% e o S&P-500 recuava 6,39%. A piora se seguiu a discurso do presidente do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA), Ben Bernanke, sugerindo que a desaceleração da economia norte-americana será longa.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG