Tamanho do texto

O dólar comercial abriu estável hoje, cotado a R$ 1,624 no mercado interbancário de câmbio. Ontem, a moeda americana fechou em alta pelo sétimo dia seguida, a R$ 1,624 (+0,5%).

Na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), o dólar à vista era cotado a R$ 1,625, também estável, após abertura em baixa de 0,06%, a R$ 1,624.

O movimento internacional de moedas que está beneficiando o dólar ante as principais divisas estrangeiras desde a semana passada continua firme na manhã de hoje, dia em que dados da economia do Japão e da Europa corroboraram os temores de enfraquecimento generalizado das economias desenvolvidas. Com isso, somando-se à queda das principais bolsas acionárias no exterior e à alta do petróleo no mercado internacional, a perspectiva é de que o dólar encontre fôlego para subir novamente também ante o real.

A discussão em torno da manutenção ou não da tendência de desvalorização do dólar no médio e longo prazos, perante essa nova realidade internacional, cresce no mercado doméstico de câmbio. Embora os operadores de mercado ainda acreditem que a alta atual do dólar é um ajuste e que as entradas de recursos voltarão, alimentando a tendência de queda da moeda americana, boa parte dos analistas prefere falar em um dólar perto da estabilidade, ao redor de R$ 1,60, até o fim do ano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.