O dólar comercial abriu em forte alta hoje, de 1,96%, cotado acima de R$ 1,80, a R$ 1,82 no mercado interbancário de câmbio. Ontem, a moeda americana fechou em alta de 0,73%, a R$ 1,785.

Na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), o dólar à vista disparava 2,41%, cotado a R$ 1,83, após abertura em forte alta, de 1,29%, também acima de R$ 1,80, a R$ 1,81.

O clima continua péssimo no exterior, com a aversão ao risco determinando os negócios. Nesse contexto, o euro mantém-se abaixo de US$ 1,40 e o petróleo segue em queda, reforçando a trajetória de alta do dólar ante o real. Ontem, a moeda americana subiu no mercado doméstico de câmbio pelo terceiro dia seguido, mas, a única certeza dos especialistas é que a volatilidade dará o tom dos negócios hoje.

O mercado cambial opera de olho no desempenho da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), que nos últimos dias serve de alívio quando consegue esboçar momentos de recuperação. Mas encontrar consolo nas ações hoje parece difícil, tendo em vista a queda das bolsas européias e dos índices futuros das Bolsas de Nova York e da Bovespa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.