Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Dólar comercial abre em alta de 0,13% a R$ 2,351

O dólar comercial abriu hoje as negociações no mercado interbancário de câmbio em alta de 0,13%, cotado a R$ 2,351. Na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), o dólar era negociado às 10h28 a R$ 2,352, em alta de 0,04%, nos contratos de liquidação à vista.

Agência Estado |

No exterior, o dólar segue perdendo força, principalmente ante o euro. As exceções são o iene e a libra, que perdem força por motivos locais - no Japão, o governo sinalizou que pode intervir para evitar valorização do iene; no Reino Unido há rumores de que o juro pode ir a zero.

Depois que o Federal Reserve (Fed, banco central americano) foi ainda mais agressivo do que esperado ao reduzir a taxa de juros dos EUA, enquanto por aqui a taxa Selic segue em níveis elevados, o mercado doméstico de câmbio começou a levantar a possibilidade de que o dinheiro estrangeiro volte a buscar o Brasil. Ainda modesta, a idéia de que os investidores voltarão a aplicar em reais após a virada do ano voltou a permear as perspectivas dos analistas.

O mercado também está convicto de que o Banco Central vai atender às demandas que possam provocar desequilíbrios significativos no câmbio. E tem motivos para isso. Ontem mesmo a autoridade monetária fez três leilões - um de swap cambial para rolagem, outro de linha, também para rolar um vencimento de amanhã e um terceiro de venda no mercado à vista. No total, foi mais US$ 1,6 bilhão. Hoje, o BC fará mais um leilão para a rolagem dos contratos de swap cambial tradicional que vencem em 2 de janeiro de 2009.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG