Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Dólar começa o pregão em forte baixa e vale R$ 1,738

SÃO PAULO - O dólar comercial começa o pregão de terça em forte baixa, testando preços não registrados desde o começo do ano. Os agentes reagem à decisão de juros do Banco Central, que subiu a Selic em 0,75 ponto percentual na noite de ontem para 9,50% ao ano.

Valor Online |

Mais importante que isso, tal movimento do BC foi encarado como uma sinalização de que o movimento de aperto monetário será antecipado, ou seja, as altas podem ser concentradas em um menor espaço de tempo. Vale lembrar que, quanto maior a taxa de juros da economia doméstica, mais atrativas as operações de arbitragem de taxa de juros ou"carry trade". Por volta das 9h50, o dólar comercial caía 0,79%, negociado a R$ 1,736 na compra e R$ 1,738 na venda. No mercado futuro, o dólar com vencimento para maio, negociado na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM & F), também recuava 0,79%, a R$ 1,738. Segundo a empresa de análises de mercado 4Cast, a melhora de ambiente externo também contribui para a valorização do real. A dúvida que surge agora é se o Banco Central (BC) fará alguma atuação mais firme no mercado à vista. Vale lembrar que, em 15 de abril, o dólar também rondava R$ 1,73 e o BC fez dois leilões em um único dia. A 4Cast também chama atenção para a formação da Ptax (média das cotações ponderada pelo volume) que liquidará os contratos futuros. Com agentes amplamente vendidos (posições pró-real) é natural se esperar alguma pressão de baixa sobre o preço do dólar. (Eduardo Campos | Valor)

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG