O dólar comercial registra forte alta e atingiu a cotação de R$ 2,202 às 15h50, no mercado interbancário de câmbio, o que representa uma valorização de 7,73% em relação ao fechamento de sexta-feira passada (R$ R$ 2,044). É a taxa máxima registrada hoje até este horário.

O Banco Central interveio no mercado de câmbio com leilão de swap (troca), realizado das 13 horas às 13h30. O BC vendeu no leilão 29,5 mil contratos de swap cambial, de uma oferta de 41,6 mil contratos. O volume equivale a um valor financeiro de US$ 1,470 bilhão e a venda de cerca de 71% da oferta de cerca de US$ 2,080 bilhões. Nessa operação, o BC assume posição "vendedora" em câmbio e compradora em juros.

Na Bolsa de Valores de São Paulo, o índice Bovespa operava em baixa de 12,59% a 38.914 pontos. Na mínima do dia, o Ibovespa chegou a cair 15,50% e o pregão já foi suspenso. O volume de negócios era de R$ 3,79 bilhões.

Na Bolsa de Nova York, o índice Dow Jones caía 6,59%; o Nasdaq cedia 7,64% e o S&P 500 operava em baixa de 7,03%.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.