Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Dólar cai pelo 2º dia seguido e fecha a R$ 1,771

O dólar fechou em baixa hoje pelo segundo dia seguido. No mercado interbancário de câmbio, o dólar comercial caiu 0,51% e encerrou as negociações a R$ 1,771, após oscilar entre a taxa mínima de R$ 1,768 e a máxima de R$ 1,782.

Agência Estado |

No mês, o dólar comercial acumula baixa de 1,94%; no ano, alta de 1,61%. Na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), o dólar à vista recuou 0,51% para R$ 1,77. O euro comercial cedeu 0,08% para R$ 2,419.

Uma nova janela de otimismo. Assim um profissional resumiu o momento vivido pelo mercado financeiro, diante das novas emissões de ações e captações no exterior, garantindo a apreciação da moeda local em detrimento do dólar. O movimento da taxa de câmbio foi amparado pela alta do euro e das commodities, em mais uma rodada de apetite por ativos de risco.

A notícia de que o Banco Daycoval captou, por meio de sua agência nas Ilhas Cayman, US$ 300 milhões em eurobônus estimulou o otimismo do mercado, segundo um negociador de mercados emergentes da Icap Brasil. O banco informou hoje que trata-se de uma nova parcela com prazo de cinco anos, com vencimento em março de 2015, que faz parte de um programa total de US$ 1 bilhão. A última emissão externa havia sido do Banco Cruzeiro do Sul, de US$ 250 milhões, com vencimento em fevereiro de 2015, feita no dia 22 de fevereiro deste ano.

Dados parciais divulgados hoje pelo Banco Central mostraram que o fluxo cambial foi negativo em US$ 1,205 bilhão na primeira semana de março. O resultado foi influenciado, principalmente, pelo movimento da chamada conta financeira, que acumulou saída líquida de US$ 908 milhões no período. As reservas internacionais aumentaram US$ 797 milhões na primeira semana de março, entre os dias 1º e 5, graças às compras da moeda estrangeira realizadas diariamente pelo BC.

No segmento de câmbio turismo, o dólar caiu hoje para R$ 1,87 (venda) e R$ 1,73 (compra). O euro turismo era negociado em média a R$ 2,54 (venda) e R$ 2,40 (compra).

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG