O dólar ampliou a apreciação sobre o real nesta tarde, ao mesmo tempo em que algumas ações negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo aprofundaram as perdas do dia, levando o Ibovespa, principal índice, de volta ao terreno negativo. Às 14h45, o dólar comercial avançava 0,75%, cotado a R$ 1,622, sua maior taxa desta sessão até o horário.

O Banco Central ainda não realizou hoje sua habitual intervenção diária no mercado de câmbio, com leilão de compra de dólares à vista.

O Ibovespa, por volta do mesmo horário, cedia 0,44%, aos 55.686 pontos, refletindo a desvalorização dos papéis da Petrobras e da Vale, entre outros. Petrobras PN recuava 1,38%, na mínima do dia até então, e Petrobras ON caía 0,90%. O petróleo, que ontem disparou quase 5% em Nova York, justificando ganhos das ações de petrolíferas, caía 3,04% nesta tarde, para US$ 117,50 por barril. Vale PNA perdia 1,70% e Vale ON recuava 2,26%, ambas na mínima do dia.

Leia também:

Leia mais sobre Bovespa - dólar

    Leia tudo sobre: bovespa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.