Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Dólar abre o dia em alta e sobe mais de 3% a R$ 2,39

O dólar comercial teve o primeiro negócio fechado hoje a R$ 2,358 no mercado interbancário de câmbio, alta de 2,30% em relação ao final da sessão de ontem (R$ 2,305). Às 10h15, nos negócios subseqüentes, a moeda já avançava para R$ 2,39, alta de 3,69%.

Agência Estado |

No pregão da Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), o dólar negociado em contratos de liquidação à vista também estava cotado a R$ 2,379 às 10h14, alta de 3,21% (o primeiro negócio foi fechado em alta de 3,47% a R$ 2,385).

Esta sexta-feira promete a repetição de momentos de tensão vistos desde o início desta crise, em meados de setembro: as principais bolsas asiáticas fecharam em quedas ao redor de 10%, as européias rondavam perdas de 8% e, nos índices futuros norte-americanos, os recuos oscilaram entre 6% e 7%, quando tiveram suas negociações suspensas porque atingiram os limites de baixa. O euro era negociado a US$ 1,259, em baixa de 1,36%.

No cenário interno, esse ambiente só tende a piorar a pressão sobre a liquidez (recursos disponíveis) do sistema financeiro. Isso porque o agravamento da crise internacional pegou vários investidores - instituições financeiras, fundos e empresas - fortemente expostos em moeda norte-americana e reverter ou rolar essas posições fica cada vez mais caro. Enquanto o nervosismo não é estancado no exterior, aumenta a intranqüilidade por aqui também. E uma economia saudável e em crescimento como a brasileira está sob risco justamente por ter alavancado essa robustez usando o dólar, durante a fase de oferta farta internacional de recursos.

Apesar de todo o arsenal usado pelo Banco Central ontem no mercado de câmbio - anúncio de um programa de venda de contratos de swap cambiais somando US$ 50 bilhões e uma série de leilões de venda de dólar no mercado à vista - os especialistas esperam mais alta nas cotações nesta manhã.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG