Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Dólar abre em queda de 1,10%, cotado a R$ 1,79

Após três dias seguidos de alta ante o real, o dólar comercial iniciou o pregão de hoje em queda de 1,10%, cotado a R$ 1,79

AE |

Após três dias seguidos de alta ante o real, o dólar comercial iniciou o pregão de hoje em queda de 1,10% no mercado interbancário de câmbio, negociado a R$ 1,79. Na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F), o dólar com liquidação à vista iniciou em queda de 1,34%, cotado a R$ 1,7917.

O euro continua dando o rumo aos negócios. E hoje a moeda única saiu do nível de US$ 1,22 de ontem, para a casa de US$ 1,24 hoje, abrindo espaço para um dia de menor aversão ao risco e provável valorização do real.

Para justificar o alívio do momento, alguns citam as expectativas sobre a reunião dos ministros de finanças da zona do euro, outros a liberação de 14,5 bilhões de euros para a Grécia que assim garante o pagamento de 8,5 bilhões de euros em bônus de 10 anos, que vencem amanhã. Porém, dados negativos como a queda de o índice ZEW de expectativas econômicas da Alemanha, de queda de 53 pontos em abril para 45,8 pontos em maio, não permitem apostas fortes numa direção única. A notícia da Alemanha só não é pior porque embora o dado tenha ficado abaixo das estimativas dos economistas, de 47,0 pontos, está acima da média histórica do indicador, de 27,4 pontos. Ainda assim, credencia os especialistas a afirmarem que a volatilidade continua sendo o cenário mais provável para os negócios.

Por isso, a avaliação é de que, depois da abertura do dólar em queda, tudo pode ocorrer, a depender, principalmente, do que ocorrer no exterior. No Brasil, o destaque econômico é o anúncio do resultado da arrecadação de tributos federais e contribuições previdenciárias do mês de abril.

Leia tudo sobre: câmbiodólaroscilaçãobaixa

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG